Relacionamento: Franqueador X Franqueado

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Hoje em dia o relacionamento com seus clientes é uma prática que a grande maioria das empresas adotam, buscando cada vez mais fidelizar e estar próximo do seu consumidor. Numa rede de franquias, os franqueadores têm orientado/sugerido aos seus franqueados esta prática, pois afinal são eles que estão em contato direto com o consumidor final daquela marca ou produto. Porém, o que muitos têm de pensar é que os franqueados são seus clientes e portando, o franqueador tem que praticar esta mesma filosofia. Chega de "faça o que eu mando, mas não faça o que faço". Para implementar uma política de relacionamento sustentada, o franqueador deve ter claro que a base de solidez do relacionamento Franqueador – Franqueado esta fincada em um tripé que reflete em toda a rede, ou seja:
  • Disposição do Franqueador representa querer fazer. É estar aberto à sugestões, promover encontros com grupos ou individuais, propor soluções, enfim, é estar muito próximo da rede.
  • Interesse do Franqueado é ter vontade de aprender, de participar, de dividir, de contribuir.
  • Ética e Transparência sempre pautando as atitudes e comportamento, tanto do Franqueador quanto do Franqueado, que devem adotar em todas os momentos do relacionamento.
Pois só assim se consegue ter uma relação sincera e aberta, contribuindo sobremaneira para uma relação saudável e duradoura, senão corremos o rico de construir uma base sob um monte de areia. *Márcio Gasperini é Superintendente de Franquias da imobiliária Paulo Roberto Leardi

Contato

  • contato@bcef.com.br
  • +55 11 3660-2201
  • Av. Paulista, 171 - 9 andar - Paraíso - São Paulo -SP CEP - 01311-904

Atualize-se

Newsletter

Assine nossa Newsletter e fique informado.


Portfólio

Recentes

Compartilhe

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin