Co-fundadores da Anytime Fitness se apresentaram no palco principal da convenção internacional da IFA

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
" O que você esperaria de dois rapazes vestidos de camisas esportivas e saias escocesas? E se você souber que eles são o presidente e o CEO de uma das maiores redes de academia 24 horas dos Estados Unidos e presente em mais de 30 países? Foi assim que Dave Mortensen e Chuck Runyon, da Anytime Fitness se apresentaram no palco principal da Convenção Internacional da IFA. A dupla de maneira bem descontraída apresentou o que acreditam ter feito a Anytime Fitness chegar a ser a primeira academia no ranking global do setor, com mais de 3500 unidades e presença nos 5 continentes. Em 2002 eles lançaram a marca, apresentando ao mercado a primeira academia 24 horas. No ano seguinte, viram acontecer o óbvio, muitos novos competidores entraram no mercado com proposta semelhante. Durante alguns anos sofreram nadando no mar vermelho, mas em 2010, criaram o conceito que chamam de The Code, algo como um segredo de negócio, um código que fez com que chegassem até onde estão. O código foi uma tentativa (que se mostrou bem sucedida) de se desvencilhar de uma das coisas que eles mais consideram letais para o negócio. O desperdício de tempo no trabalho. Numa pesquisa apresentada, alguns dados os fizeram pensar porque 89% das pessoas pesquisadas confirmaram que desperdiçavam tempo no trabalho, e dessas, mais de 4% afirmaram fazer isso com metade do seu tempo no trabalho. A indignação com os dados os fizeram pensar que isso só acontece porque as pessoas não estão engajadas com o negócio, nem se identificam com o propósito, e não se sentem responsáveis pela geração de resultado. Não há uma intersecção dos interesses pessoais com os interesses da companhia. Foi a partir dessa constatação que o código: 4Ps - Pessoas, Propósito, Lucro (Profits) e Diversão (Play) foi criado como mantra da Anytime Fitness. Pessoas: Investir no desenvolvimento pessoal e profissional dos funcionários e dos steakholders. Ou seja, na Anytime Fitness, 5% do faturamento anual é destinado a esse item. E isso pode ser traduzido das mais diferentes formas, desde bolsas para formação acadêmica, até saltos de paraquedas - que podem auxiliar no enfrentamento dos medos e fobias. No que se refere às pessoas, entenderam que mais do que investir financeiramente, elas desejam comunicação transparente, alinhamento, e confiança. E estabeleceram canais oficiais para isso - tanto com a equipe interna quanto com os franqueados. Propósito: o impacto da companhia vai além de ganhos econômicos e pessoais. Com uma cultura muito forte, a Anytime Fitness dá a dica de que as empresas devem conhecer muito bem como seus produtos ou serviços ajudam a desenvolver ou melhorar a vida das pessoas e do planeta. E sugere a adoção de uma causa, e principalmente que se reconheça as vitórias pessoais de seu time e compartilhe. Profits: o que mantém a companhia viva e sustentável Mesmo quando se fala de lucro, a Anytime Fitness entende que está falando de pessoas. Pois se a equipe e os franqueados estão felizes no trabalho, eles certamente serão mais produtivos e trarão mais resultado para a empresa. Numa escala de importância, colocam sempre os funcionários no topo, seguido de franqueados, clientes, fornecedores e por último o franqueador. Play: criar um ambiente e cultura de diversão que impulsione a criatividade, colaboração e curiosidade. Porém, fazem a ressalva de que apesar de se manter a cultura da diversão, consideram que: "Mantemos a seriedade no trabalho, porém sem nos levarmos tão a serio" e nesse momento explica o motivo de usar as saias escocesas, e a resposta é simplesmente "porque não?". A diversão no trabalho, além dos impactos na saudabilidade, também ampliam a retenção e o engajamento das equipes. Os dois executivos encerraram suas participações com algumas chamadas para a ação da platéia:
  • Se pergunte: Você quer ser um empregador ou um líder?
  • Tenha indicadores do engajamento do seu steakholders
  • Escolha qual dos ‘Ps’ people, purpose, profits, e play você mais precisa hoje na sua empresa para resolver a improdutividade e fomentar o seu crescimento.
Convidamos à reflexão, e mãos à obra.