Conheça os pontos positivos e os desafios da Venda Direta

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

2010-09-09
Modelo de negócio traz muitas facilidades, mas também exige uma boa estrutura. Confira!


"Como todo modelo de negócio, as Vendas Diretas tem suas pontos positivos e seus desafios. A Bittencourt Consultoria analisou os fatores segundo a ABEVD - Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas:Pontos Positivos:
- Posicionamento da marca;
- A proximidade do relacionamento com o consumidor gera mais confiança no produto;
- Não existencia de limitação territorial para a venda, maior capilaridade e e capacidade de expandir geograficamente;
- Inexistência do vínculo empregatício;
- Sistema regulado por órgão competente - ABEVD

...

Desafios:
- Operacionalização do sistema para expansão da rede;
- Treinamento e capacitação;
- Rotatividade revendedores/consultores;
- Relacionamento e controle das vendas sem caracterizar vínculo empregatício;
- Atendimento personalizado ao consumidor que não existe no varejo tradicional;
Segundo o primeiro balanço semestral de 2010 divulgado pela ABEVD, mais uma vez o setor conseguiu superar o desempenho obtido, no mesmo período, em relação ao ano anterior. Com um volume de negócios na casa de R$ 11,8 bilhões, as vendas diretas seguem em constante crescimento no país, a uma taxa de expansão de 21,2% sobre o mesmo período de 2009, que fechou em R$ 9,7 bilhões. Descontada a inflação do período, o crescimento real obtido foi de 16,4%.


O contingente de revendedores ativos também cresceu em comparação com o ano passado. O primeiro semestre de 2010 registrou cerca de 2,631 milhões de revendedores realizando vendas pelo canal, contra 2,255 em 2009, ou seja, 16,7% mais que há um ano.
Para Paulo Quaglia, presidente da ABEVD, o desempenho anunciado é a confirmação das virtudes do setor. ""Os números superaram nossas expectativas e o setor vem se destacando a cada ano. O número de revendedores cadastrados continua aumentando, o que demonstra que o interesse das pessoas pela atividade está em alta. E isso já começa a refletir no faturamento do setor”, analisa.