Carter's, de moda infantil, chega ao país com Riachuelo e Walmart

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
2015-12-10 A Carter's, companhia americana especializada em artigos de moda para bebês e crianças de até 2 anos de idade, dá seus primeiros passos no Brasil, como parte da sua estratégia de expansão internacional. Dona de uma receita anual da ordem de US$ 3 bilhões, a companhia fechou acordos com as redes varejistas Riachuelo (do grupo Guararapes) e Walmart para trazer coleções exclusivas de suas principais marcas infantis. Kevin Corning, vice-presidente sênior da Carter's e responsável pelos negócios internacionais da companhia, disse que a vinda para o país estava em estudo há dois anos. "O Brasil tem um grande potencial. No país, nascem 3 milhões de crianças por ano. A categoria de moda infantil movimenta US$ 7 bilhões e a Carter's já tem uma participação pequena no mercado, mesmo sem estar nas lojas", afirmou Corning. De acordo com o executivo, brasileiros compram, em média, US$ 10 milhões por ano em produtos no site americano da Carter's. O volume vendido nas lojas físicas para turistas que visitam os Estados Unidos é mais difícil de estimar, segundo ele. A intenção da companhia com as parcerias no Brasil é avaliar o potencial de negócios no país para, futuramente, ter operação direta. "O Brasil é um país complicado para se abrir lojas e, no momento, o aluguel em lojas de shopping center está muito caro. Esses acordos são uma sondagem para avaliar o que é possível fazer no país no futuro", afirmou Corning. A Carter's começou o seu processo de expansão internacional em 2012, com operação no Canadá e as vendas no país dobraram desde então. Há três meses, a americana lançou um site de comércio eletrônico na China, com o Alibaba. Em novembro, trouxe para o Brasil a primeira coleção, da marca Carter's, que é vendida com exclusividade em 26 lojas da Riachuelo. A coleção é composta de 150 itens, importados da China e de outros países da Ásia. Os preços, segundo Corning, estão em média 25% acima dos praticados nos Estados Unidos. "Considero um bom negócio, levando em consideração os custos de importar", disse. O executivo não divulgou uma projeção específica de vendas para o primeiro ano de operação. Além da operação com a Riachuelo, a Carter's estendeu para o Brasil um acordo que possui com a varejista americana Walmart para venda de linhas da marca Child of Mine. Desde o início de dezembro, a companhia vende nas lojas do Walmart e no site da varejista 46 modelos de roupas para bebês da marca. "A companhia tem investido no fortalecimento de linhas para bebês, aproveitando a demanda desse mercado. Já temos uma linha própria de fraldas e a meta para 2016 é reforçar mais a área com novas parcerias", afirmou Maria Fernanda Meza, diretora da categoria de lifestyle do Walmart.com. Fundada em 1865 no Estado americano de Massachusetts, a Carter's é a maior empresa de moda para bebês dos EUA. Dona das marcas Carter's, OshKosh B'gosh e Child of Mine, a companhia encerrou os primeiros nove meses do ano com receita líquida de US$ 2,1 bilhões, 6,1% acima do registrado no mesmo intervalo de 2014. O lucro líquido chegou a US$ 165,2 milhões, com alta de 34,2%. As vendas no mercado internacional cresceram 2,8%, para US$ 229,2 milhões. Excluindo o efeito negativo da desvalorização do dólar canadense e do yuan ante a moeda americana, o crescimento de vendas fora dos EUA foi de 13,5%. Fonte: Valor