Um setor quase imune às crises

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
O setor de higiene, beleza e cuidados pessoais é o último que entra numa crise e o primeiro que sai. Se tudo está bem existe maior disposição para cuidar-se e se as coisas não vão bem, abre-se mão de alguns luxos e os cuidados pessoais operam como mecanismo de compensação. No primeiro semestre de 2012, enquanto o varejo ampliado, pelos dados oficiais do IBGE, havia crescido 7,0%, o setor cresceu 10,9% e no mesmo período deste ano, enquanto o varejo expandia 3,7%, o setor cresceu 8,6%. O vigor e a capacidade de crescimento do setor são as razões pelas quais um grupo nacional, de nome e origem em uma família japonesa, Ikezaki, que opera rede de varejo homônima e também atua na fabricação de produtos, com a marca Taiff destinados a essas categorias, realiza em São Paulo, anualmente a segunda maior feira especializada no segmento no mundo, a Beauty Fair, que recebe mais de 140 mil pessoas de todo o Brasil e também do exterior, em apenas três dias, usualmente coincidindo com o feriado de 7 de Setembro. O evento é marcado pela presença das mais importantes marcas nacionais e internacionais que operam no país e mescla apresentação e venda de produtos e serviços, orientação técnica, seminários, desfiles, tendências da moda e educação, numa composição que o torna o programa obrigatório para quem é profissional da área e uma atração imperdível para quem se interessa pelo assunto. A marca Ikesaki se tornou uma referência pela operação de varejo especializado em higiene, beleza e cuidados pessoais, através de lojas no bairro da Liberdade em São Paulo, que são destino para consumidores e profissionais do setor pela variedade de produtos, serviços e marcas oferecidos, tudo num só local e atendendo consumidores e profissionais de todo o país, a ponto de se converter em atração da cidade. Além dos produtos e serviços para consumo final oferece soluções para os empresários e profissionais que atuam no segmento, envolvendo projetos de lojas, equipamentos, instalações, acessórios e complementos para equipar e operar salões de beleza e perfumarias. É marcante essa atuação desse varejo já que, de forma geral, para os consumidores as categorias relacionadas ao segmento de higiene, beleza e cuidados pessoais são buscadas em super e hipermercados, em primeiro lugar com 34% de preferência, seguida das farmácias com 22% e depois por perfumarias com 18%, catálogos conjugados com venda direta com 12% e pelas lojas de departamentos com 9%, segundo os dados da Nielsen. Quando são propostas respostas múltiplas, permitindo a menção de mais de um canal ou formato, a internet já aparece com 6%. As recentes mudanças socioeconômicas vividas pelo país, com forte ascensão do poder de compra das classes emergentes, contribuíram para a expansão do setor, medido pela ampliação da linha de produtos e serviços oferecidos, novas e mais atraentes embalagens, aumento significativo no número de lojas, perfumarias, salões de beleza e também pela expansão das franquias no segmento além da ampliação de vendedores envolvidos com venda direta/catálogo. Também houve aumento da presença internacional no varejo do setor, com a vinda de marcas como a francesa Sephora e diversificação de negócios e formatos como os realizados pelo grupo Boticário, com suas operações quem disse, Berenice?, Eudora e Beauty Box. O futuro próximo sinaliza a continuidade desse crescimento setorial, ainda que em níveis inferiores aos do passado recente, porém mais altos que o varejo como um todo, com a continuidade da expansão do número de lojas, com uma possível integração de muitas delas em redes de negócios ou franquias e também com aumento da presença internacional tanto no varejo como na indústria, por conta da atratividade, potencial de crescimento e vigor apresentados pelo setor. Marcos Gouvêa de Souza é diretor-geral da GS&MD – Gouvêa de Souza, empresa coligada ao Grupo BITTENCOURT Leia mais notícias no Portal, clicando aqui. Conheça os serviços do Grupo BITTENCOURT