O mercado de cosméticos e as franquias

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Que o Brasil representa quase 10% do consumo mundial de produtos de Higiene pessoal e beleza, atrás apenas da China (país mais populoso do mundo) e dos EUA (celeiro da indústria da beleza), talvez não seja novidade para muitos, mas a estruturação e a diversificação dos negócios com o franchising pode servir de inspiração para mercados emergentes e que desejam ganhar escala de forma rápida e com redução de riscos. Por que é vantajoso atuar no mercado de beleza no Brasil? O Brasil tem uma população plural, miscigenada e com necessidades distintas de norte a sul do país. O que significa dizer que uma empresa seja ela fornecedora de produtos ou prestadora de serviços possui uma gama muito grande de nichos para atuar. Das diversas tonalidades de pele aos variados tipos de cabelo, das diferentes vaidades e bolsos, as possibilidades são muitas. Aliada à pluralidade desse mercado, alguns aspectos foram drivers de crescimento do setor de beleza e cosméticos nos últimos anos como:
  • Busca por qualidade de vida e envelhecimento saudável;
  • Aumento da renda, novos consumidores começaram a acessar produtos antes proibitivos para sua classe econômica;
  • Investimento da indústria em tecnologia e inovação – o que chama cada vez mais a atenção dos mercados consumidores e dos ávidos por novidades;
  • A consolidação das mulheres no mercado de trabalho – parece noticia antiga mas a entrada da mulher no mercado de trabalho ainda impulsiona algumas indústrias de forma bastante forte, como o mercado de beleza
Além dos aspectos mercadológicos, a influência da mídia e das redes sociais colaboraram de forma importante para o fortalecimento de um mercado voltado à saúde, beleza e bem-estar. Desde reality shows nacionais e internacionais, à blogueiras fitness que pipocam nas redes sociais e atingem status de celebridade, os estímulos para a busca da beleza são muitos. Os grandes números do mercado Hoje no Brasil, segundo dados do Euromonitor e da Abihpec são mais de 2.500 indústrias produtoras de artigos de higiene pessoal, perfumaria e cosméticos, mas com 73% do faturamento concentrado em 20% delas, além disso, existe forte concentração (mais da metade das indústrias) na região Sudeste do país. Aliado ao poder da indústria, temos também o crescimento forte do setor de serviços. Crescimento esse muito impulsionado pela necessidade e pela informalidade – na falta de alternativa que o satisfaça profissionalmente o empreendedor estabelece seu negócio de forma individual e muitas vezes informal.  Segundo o Sebrae nos últimos 4 anos (de 2010 a 2014) o crescimento foi de mais de 490%, considerando apenas as atividades de cabelereiros como microempreendedores individuais. Outras atividades de tratamento de beleza no mesmo modelo – microempreendedor individual - tiverem crescimento ainda maior, mais de 820%. Quando olhamos o mercado de trabalho, os números também são significativos. Os principais geradores de oportunidades de trabalho são a venda direta e os salões de beleza. E o segmento que mais cresceu em geração de empregos foi o franchising. Consumo Pensando exclusivamente nos gastos com produtos de Higiene e Cuidados Pessoais, que compreende toda a indústria de cosméticos, o brasileiro destina 2% de todo o seu orçamento para esse tipo de produto (mais de 63 bilhões de reais) - não sendo considerados os gastos com serviços. De 2013 para 2014 os gastos com esse tipo de produto cresceram 8%, sendo que os aumentos de consumo mais significativos foram nas classes econômicas A2 e B1. O Franchising no Segmento de Beleza Quando o assunto é franchising, os números também são importantes. O setor que faturou 128 bilhões de reais em 2014 e que representa cerca de 2,5% do PIB nacional, tem no segmento que engloba saúde e beleza o terceiro maior na composição do faturamento. São mais de 18% do total. O setor que segundo a classificação da Associação Brasileira de Franchising, agrega também franqueadoras com foco no esporte e lazer, figurou ao longo dos anos entre os setores que mais cresceram – de 2011 a 2013, figurava entre a 1ª a 4ª colocação. Em 2014, no entanto, ficou abalado por questões ligadas à mudança do comportamento de compra do consumidor, atribuído em parte pela copa do mundo e pela grande quantidade de feriados de ano. O setor sentiu esse impacto mas já demostrou sinais de recuperação em 2015. Ampliação de 24% do faturamento, saindo de R$ 9,3 bilhões para R$ 11,5 bilhões (considerando o mesmo período do ano passado). Maior ampliação entre os 11 segmentos analisados. Olhamos para o franchising – marcas associadas à ABF – Associação Brasileira de Franchising – e encontramos mais de 130 marcas atuantes no segmento de Beleza, Saúde e Prod. Naturais, que vai muito além dos cosméticos e perfumaria. A beleza movimenta o franchising com academias, salões de beleza, clínicas de estética e de emagrecimento, serviços de depilação, manicures e pedicures, além dos serviços de saúde como clínicas odontológicas, home care e também as franquias de farmácias. Uma infinidade de empresas que apostando no segmento, desenvolveram negócios que de uma forma bastante direta profissionaliza setores antes marcados pela informalidade ou pela atuação individual como salões de beleza, e clinicas odontológicas oferecendo padrão, marca, estrutura e know-how para quem deseja abrir um negócio próprio. Pensando nesses segmentos temos o seguinte cenário em número de marcas franqueadoras. Segmentos                                                          Número de Marcas Odontologia / Ortodontia                                                   20 Cosméticos e Perfumaria                                                 18 Depilação                                                                        16 Farmácia (regular e manipulação)                                      15 Clínica de estética / emagrecimento                                  11 Academia                                                                        10 Outros (Células Tronco, Aparelhos Auditivos)                      9 Salão de Beleza                                                                9 Serviço Manicure e Podologia                                             7 Clínicas médicas em geral                                                  6 Home Care                                                                        5 Produtos Naturais e Suplementos                                        4 Escolas Beleza                                                                  2 Spas                                                                                 2 Nos chama a atenção o volume de clínicas de odontologia que passaram a atuar no setor de franquias, chegando atualmente em 20 marcas e mais de 850 unidades. O franchising para essas clinicas significou uma importante forma de  levar economia de escala e amplitude de marca para um setor antes desenvolvido apenas por profissionais que atendiam em seus consultórios de forma indepentende. . Essas redes começaram a aparecer de forma mais representativa no franchising por volta do ano de 2008. Como representantes importantes desse segmento temos a Sorridents e a Odontoclinic. As empresas especializadas em depilação – em seus mais diversos modelos – também alcançaram capilaridade e força com o franchising. Hoje elas somam mais de 1400 unidades, a mais antiga delas data de 1996 e as mais recentes nos últimos dois anos com a onda da especialização em sobrancelhas. São redes importantes desse segmento: D’pil, Não + Pelo e Spa das Sobrancelhas. Do lado da estética, clínicas especializadas em emagrecimento, salões de beleza e serviços de manicure e pedicure juntos somam mais de 1.000 (mil) unidades, o que reforça a aceitação do brasileiro com esse tipo de negócio e também de um mercado consumidor que aceita a implantação de novas oportunidades nesses segmentos. Do lado dos cosméticos, temos uma força muito grande desse segmento puxada pela marca O Boticário, que sozinha representa mais de 50% do total de unidades das empresas de cosméticos que operam no franchising. A marca é o player mais antigo do segmento no franchising - começou a franquear em 1980 -, e durante muitos anos acreditou sozinha nesse formato de expansão. Seus seguidores começaram muitos anos mais tarde, o que fez com que durante muito tempo, fosse a única opção para investimento em franquia de cosméticos. Tiveram algumas marcas que tentaram, e durante algum tempo incomodaram, mas sucumbiram pela falta de estruturação da cadeia produtiva para abastecimento das lojas e simplesmente desapareceram do mercado nos anos seguintes. O Boticário nunca teve medo de inovar, e por isso sai na dianteira muitas vezes. Diversificou seu portfolio de marcas, oferecendo a possibilidade de seus franqueados atingirem perfis de consumidores diferentes com as marcas Quem Disse Berenice? E Eudora além da The Beauty Box (a mais recente e multimarca).  Depois de muitos anos operando apenas no varejo, começou a vender também por catálogo e no e-commerce, alcançando assim o consumidor nos mais diversos canais. Fizemos um retrato dos segmentos que apostam na beleza, bem-estar e saúde, os resultados vemos a seguir, segundo análise dos dados declarados pelas marcas à ABF:
  • Franquias de farmácias, cosméticos e salões de beleza são os modelos mais antigos no franchising com mais de 10 anos de atuação;
  • O investimento médio total para abertura de uma unidade é maior para redes de salão de beleza premium, academias e clínicas odotonlógicas, uma vez que existe um investimento alto em equipamentos.
  • As que entregam maior faturamento, são farmácias e clínicas odontológicas.
O QUE ESPERAR NOS PRÓXIMOS ANOS O que vemos para os próximos anos, é uma abordagem mais profissional de tudo que se refere à saúde e bem estar, muitos empreendedores estão atentos à mudança de atitude do consumidor frente a um envelhecimento saudável e necessidade de cuidar da saúde; isso faz com que novas possibilidades se abram cada vez mais para novas marcas e novas propostas. O consumidor é ávido por novidades, e se isso estiver aliado a uma marca forte, com respaldo no mercado, que ele se sinta orgulhoso por usufruir do produto ou serviço, é quase uma receita de sucesso. Conheça também os serviços do Grupo BITTENCOURT nas seguintes áreas: